domingo, 29 de dezembro de 2013

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Novidades na Mostra de Arte e Artesanato do Atelier Ponto com Arte

Ontem finalizamos mais uma remessa com peças especiais para decorar sua casa e utilitários com cores variadas e alegres.
Nosso trabalho é feito com carinho procurando o máximo de qualidade num produto artesanal e original.

Vamos as novidades!



Peças da RM e a folhinha vermelha da nossa amiga Kátia Lopes















Atelier Ponto com Arte, Rua Barão de São Marcelino, 124 - Alto do Passos - JF - MG


sábado, 30 de novembro de 2013

Mostra de arte e artesanato no Atelier Ponto com Arte

Nossas peças estarão expostas no Atelier de 30 de novembro a 21 de dezembro.

Na comemoração de dois anos do Atelier amigos, familiares e alunos estiveram presentes apreciando a produção dos artistas.





Apareçam para ver as novidades!



domingo, 6 de outubro de 2013

Fantasia


Antonio Parreiras - obra "Fantasia" de 1909

Antonio Parreiras* fez uma série de pinturas com mulheres sensuais e esta retrata uma mulher pintando peças de cerâmica.
Escolhemos essa imagem para homenagear esse artista cuja história influenciou a arte em Juiz de Fora e hoje temos a Associação de Belas Artes Antonio Parreiras que preserva sua memória.

Outras obras de Antonio Parreiras:



*  Antônio Diogo da Silva Parreiras (Niterói, 20 de janeiro de 1860 – Niterói, ? de outubro de 1937) foi um pintor, desenhista, ilustrador, escritor e professor brasileiro.
Ingressou em 1882, aos 22 anos de idade, na Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro, que abandonou em 1884 para frequentar o curso livre de pintura do professor alemão Georg Grimm. Com a viagem de seu mestre para o interior do Brasil, continuou os seus estudos de forma autodidata em 1885.
Viajou para a Europa em 1888, aperfeiçoando suas técnicas na Accademia di Belle Arti di Venezia, na Itália.
De volta ao Brasil em 1890, participou da Exposição Geral de Belas Artes no Rio de Janeiro. No mesmo ano tornou-se professor de pintura de paisagens na Escola Nacional de Belas Artes. Seguindo os ensinamentos de Grimm, levou os seus alunos para pintar ao ar livre, expondo esses trabalhos em 1892.
Iniciou estudos ao ar livre nas matas de Teresópolis, sintetizados na tela Sertanejas. Tendo recebido encomendas para pintar episódios históricos, a partir de 1899 realizou vários trabalhos para palácios do governo, como a Alegoria a Apollo e às Deusas das Horas de 1925 no teto do salão nobre do Palácio da Liberdade em Belo Horizonte. Entre seus trabalhos históricos destacam-se a Conquista do Amazonas e Lembrança da visita de Oscar I, rei da Suécia e Noruega. Além dessa vertente, dedicou-se paralelamente aos nus femininos, que pintava com grande sensualidade, como pode ser apreciado em Flor brasileira,Fantasia e Frinéia.
Artista da belle époque, em 1925 foi considerado o pintor mais popular do país. Publicou a sua autobiografia em 1926 (História de um Pintor contada por ele mesmo), com isso ingressando na Academia Fluminense de Letras.
Participou em 1933 das exposições comemorativas do Jubileu Artístico em São Paulo e em Niterói, onde veio a falecer em 1937. O seu ateliê foi transformado, em 1941, no Museu Antônio Parreiras.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Dicas de decoração - Combinando peças





Modelamos uma garrafa de vinho que foi cortada e se transformou em um porta vela e um suporte para petiscos. Vinho e queijo, ótima combinação...

domingo, 1 de setembro de 2013

Dois anos do espaço Atelier Ponto com Arte

Em dois anos de trabalho muita coisa mudou.
Investimos no nosso trabalhos, pesquisamos e produzimos.
Estamos expondo novas peças no espaço do Atelier. Venha conhecer nosso trabalho.










***
É na arte que o homem se ultrapassa definitivamente.





domingo, 28 de julho de 2013

CONTAF 2013 - Congresso Nacional de Técnicas para as Artes do Fogo

Participamos do CONTAF 2013 - Congresso Nacional de Técnicas para as Artes do Fogo, em São Paulo de 24 a 26 de julho
Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa no bairro Liberdade






Alimento supremo - Performance-instalação realizada por Cleide Vieira e Renata Andrade




Assistimos as palestras: 24 - No viver tudo cabe - de Nicia Braga (BH), Esculturas de Catherina Zacchetti (Itália), Decalque e Cerâmica: mesclando técnicas, ampliando possibilidades de Luiza Christ, Atelier D'Arte. 25 - Técnica do paleteado - Maneno Ceramista (Assuncion, Paraguai), palestra sobre Jun Kaneko de Pati Omoto, Grille - utensílio em cerâmica refratária para grelhar alimentos de Juliana Mayumi (Univ. Tecnológica Federal do Paraná), Iconografia da azulejaria raramente figurativa no Maranhão colonial de Paulo César Alves de Carvalho (UFMA), Moca de Roger Bally. 26 -  A influência da massa na estética dos esmaltes de Flavia Vanderlinde (SENAI Mario Amato)

Além disso assistimos a oficinas como a de modelagem com a Dagmar Muniz, Caterina Zacchetti, Flavia Vanderlinde (SENAI), Maneno Ceramista, Técnicas de esmaltação com Sueli Massuda.


Dagmar Muniz - Cerâmica 14 irmãos de Belmonte - BA




estandes com materiais para ceramistas

Exposição  de Ceramistas

peça de Caterina Zacchetti

 
peças de Dagmar Muniz

Maneno 















Exibição do documentário de Mariana Brennand sobre o ceramista Francisco Brennand.

O documentário é lindíssimo e o seu trabalho muito rico e marcante. Quem puder assistir aproveite pois vale a pena.

Ainda temos mais informações, fica para depois...